Archives

Vida de Freelancer

Que stress este final de ano

É mesmo um stress este final de ano. Acho que quando terminar de escrever este post já passámos o Natal e estamos com o pé no ano novo. Bolas que passou rápido.
Mas é um stress e têm sido todos os dias meio caóticos. Por um lado quero deixar tudo feito, imensos trabalhos para entregar, para concluir e uma vontade enorme de os ver todos a mexer ainda este ano. Por outro lado só tenho ideias malucas e novas para lançar e reinventar o que faço. Parece que o final do ano é um grande impulsionador para mudar e acima de tudo agir. Todos os dias tenho uma ideia nova e lá vou eu apontar para não esquecer. Algumas ideias ainda queria fazer este ano, por enquanto até ao Natal uma deles já está – uma loja online ao género de pop up store.
Ano novo, vida nova faz todo o sentido para mim. Alguma coisa tem de mudar. Ainda no outro dia falava sobre a necessidade que temos de nos reinventar.
Para somar ainda tenho os meus postais de natal para fazer e escrever, pois isso não posso falhar. By the way vai uma troca de postais? A minha morada está aqui.


Filipa Simões de Freitas
www.lancecollective.com


2 Comentários
A Tribo também escreve

Por falar em postais.

Por falar em postais.
E não falo só dos postais de viagens. É que nem sempre enviamos postais bonitos, já que grande parte dos postais de destino tem um design bem feioso, só melhorado mesmo com a nossa letra e um selo lambido. Falo de postais, postais, de abrir, de uma só face, com ou sem mensagens dentro, com envelopes brilhantes, transparentes, em formato mini ou standard. 


Um cartão postal é uma coisa fantástica e tão humana. 


Cada vez que vinha a Lisboa, era eu ainda pré-adolescente e ficava horas a namorar os postais de uma papelaria que havia no Colombo, numa loja r/c de esquina, a dois passos da ex Ordnung & Reda. (Ah, fanáticos pelos cadernos, vocês também se lembram!) A loja tinha tanta qualidade de fitas e papéis que ficava em delírio a imaginar o que conseguia fazer e que argumento poderia inventar à minha mãe para que ela me comprasse aquilo. 


Mas era aos postais que me rendia: mentalmente criava um texto a escrever no interior de cada um que me agradava. Como uma intenção de envio que nunca se concretizou. Na Marks & Spencer (igualmente extinta em Lisboa) comprava também uns Kits de papel de carta, envelope e postal e usava-os. Durante anos a fios correspondia-me, em jeito de diário, com algumas das minhas melhores amigas, vivendo a 5 kms delas. Há uma magia qualquer na escrita (e envio de postais).


E diz-se que a nossa empresa é o reflexo do nosso carácter. Por isso fazemos questão de incluir nas reservas especiais de hotéis com a nossa Unique Stays, postais, personalizados. E é tão bonito personalizar um postal com as mais fantásticas mensagens das pessoas que estão a oferecer, regalar ou surpreender alguém. Sentimo-nos confidentes, participantes cúmplices de uma alegria prestes a acontecer.


Que se partilhem palavras e muitas alegrias dessas.
Que se partilhem postais!

     www.uniquestays.pt

    photo CV love

Sem comentários
A Tribo também escreve Vida de Freelancer

Escreves-me um postal?

Quem já me segue há uns tempos sabe que eu sou grande fã de escrever postais, cartas, qualquer coisa. Há por aí muitos que já receberam postais meus 🙂 Gosto de incentivar a escrita, de voltar a usar caneta e papel e deixar o teclado.
Trabalhei alguns anos numa agência de publicidade em Algés e a equipa de designers de lá foi das melhores amizades que fiz, de quem guardo muita saudade. Nós tínhamos uma tradição, aliás já havia quando cheguei lá, todos escreviam postais para a agência quando iam de férias, e já tínhamos uma parede bem gira de postais de todo o mundo. Mesmo quando saí de lá, e outros também, continuámos a manter a tradição (ultimamente confesso que tenho andado a falhar com eles mas vou retomar).
Quem não adora receber correio? Então se for de algum sítio fantástico quase que viajamos também. Estou a 2 dias de embarcar numa nova aventura até a “mother russia” e já levo as moradas comigo, só espero encontrar por lá uns correios, selos e postais.
Mas a questão é: quem quer embarcar neste desafio de voltarmos a enviar postais? Eu escrevo a vocês e vocês escrevem a mim. Humm?
Quem gosta de escrever? Quem gosta de receber correio?

15 Comentários
A Tribo também escreve

Postais de Natal . edição especial Crush fotografia

Lembro-me tão bem de antes mesmo do Natal chegar, começarem a chegar os postais de Natal a casa. Não sei quanto a vocês mas adoro receber correio, daquele que o sr. carteiro já nos conhece. Talvez porque hoje receber correio é via email, uns atrás dos outros e correio a sério é aquele que cheira a papel, que alguém escreveu só para nós e que tráz uma mensagem. A Crush fotografia e a Bond Girl têm para este Natal uma edição especial de postais de natal. As fotos estão lindas, só falta mesmo escrever as boas festas e enviar por correio.

Sem comentários

Instagram

  • Às 11h da manhã estavam 30°! As ruas tanto sombra têm como sol! Grupos de turistas sobem e descem ruelas mas facilmente entramos por outras que não se vê ninguém. Passagens secretas! — dizem elas. #matera #visititalia #travelphotography #travelwithkids #photography #materaitaly #unescoworldheritage
  • E explicar a elas que ainda têm muito para subir?! #matera #italy #visititalia #travelwithkids
  • Celebrar as férias! A semana que falta. 😂 A semana que passou. Celebrar tudo!! Não me lembro de melhor maneira. #cabriz #wine #winetasting #winetaste
  • Tinha tantos planos para depois... e para hoje! 😂
  • 5 anos passaram @ritacvlove !! E agora penso na quantidade de coisas em que já me meti e fiz! 😱😂 E os mil cortes de cabelo que já tive!🤣 Tenho seriamente um problema em conseguir ficar quieta. E amanhã lanço mais uma novidade... 😜 Juro que estou quase a ir de férias!
  • Fim-de-semana com tudo incluído! #friendsforlife #kids

Follow Me!