Archives

Vida de Freelancer

Como formar uma boa equipa de trabalho.

Mas porque é que precisamos de mais pessoas para trabalhar?
O mundo é feito de pessoas, todas diferentes mas acima de tudo emocionais, talentosas e intuitivas. O que faz uma marca hoje é aquilo que as pessoas sentem sobre ela e não o que nós dizemos sobre a nossa marca, logo é o feeling que os outros têm sobre a nossa marca ou projecto que a constrói.
Ter uma equipa com quem podemos contar para trabalhar não é fácil e quando somos mais que dois o desafio é ainda maior. Defendo que cada um teu o seu talento – não quer dizer que só saibamos fazer 1 coisa – mas quando precisamos de pensar um projecto como um todo, onde vamos intervir em várias áreas temos de pensar em quem pode contribuir da melhor maneira em cada tarefa.

Existem alguns princípios que tenho em mente quando formo uma equipa de trabalho.

Compreender o trabalho como um todo
Perceber o que vamos precisar até concluir o trabalho. Não olhar apenas para o início mas compreender todo o percurso que vai ser feito.

Identificar as competências que vamos precisar
Quais são as áreas de intervenção que vamos precisar para reunir as melhores pessoas para as concretizar.

Conhecer bem o trabalho de cada pessoa
Para escolhermos alguém para trabalhar connosco não pode ser só na base da simpatia ou porque queremos forçosamente trabalhar com alguém. A razão aqui fala mais alto do que o coração.
Temos de perceber bem o trabalho de cada um e se é o mais adequado para o projecto que temos em mãos. Acima de tudo é o sucesso e o bom resultado do nosso trabalho que fala mais alto.

Transparência
Não vale a pena omitir detalhes, andar na sombra ou só dizer metade das coisas. A transparência entre colegas de trabalho é muito importante pois estamos ambos a trabalhar com o mesmo objectivo.

Método de trabalho
Organização e método vale para todos. Quando somos muitos é imperativo que todos tenham prazos, objectivos e tarefas para que nada falhe. Comunicação entre todos é aqui a chave.

Não trabalho sozinha, preciso e sei que tenho de me rodear de outras pessoas que têm até hoje contribuído e muito para o sucesso dos projectos que têm passado pela Lance. Acredito que é por aqui o caminho para conseguir fazer cada vez melhor 🙂
Filipa Simões de Freitas

 

Sem comentários
A Tribo também escreve

Um video. Era o que eu andava a tentar fazer há muito tempo.

Daquelas ideias que temos mas nunca chegamos a ter tempo para as fazer. Um dia acordei e queria fazer um time-lapse. Pelo gozo de fazer este tipo de filme e de poder contar uma história de algo que eu tivesse feito. E este dia chegou, e chegou porque tenho amigos que me ajudam e que me deram razão para marcamos logo um dia para fazermos esta pequena ideia que andava na minha cabeça.
E que melhor história do que contar um pouco o processo que teve por trás do blog da Ana Garcia Martins? Sim, foram semanas de ajustes, emails, alterações, video conferências, datas agendadas, lançamentos marcados. Um verdadeiro trabalho de equipa. Esta era a história perfeita para eu contar e para nos divertirmos a fazer um filme.

11 Comentários
A Tribo também escreve

Palavras

Às vezes parece que estou só à espera do trabalho certo para entrar em acção. A verdade é que assim que li o briefing tive uma ideia imediata (e isto não acontece sempre). Mas desta vez vi a luz.
Tudo correu bem, as cores, as formas, os emails que trocámos. Tudo. E adorei fazer este trabalho.
Aqui fala-se de traduções e que hoje em dia dá sempre jeito de termos um contacto destes por perto.
word for word . professional translations

Sem comentários
A Tribo também escreve

As coisas que aprendemos

Uma das boas coisas que um designer tem, é aprender sempre mais um pouco com cada trabalho. Todos são diferentes, com a sua própria história e para cada trabalho aprendemos sempre qualquer coisa sobre ele. Foi o caso da Baobá que me levou a ir estudar um pouco melhor estas árvores lindas. Ver as suas cores, ramos, variedades… E foi assim que surgiu a inspiração.
Um trabalho completo que nem o blog escapou ao novo design da marca.
Facebook Baobá . terapias naturais e osteopatia
Blog Baobá

Sem comentários
A Tribo também escreve

No boundaries

Andava aqui eu a contar os minutos para vos apresentar este trabalho. Quando a marca já é uma inspiração o resto flui com naturalidade.
A bond girl lançou-se além fronteiras e chegou a Londres para trabalhar a marca Joana Cunha Jewellery. Quando virem as peças fantásticas que a Joana desenha vão perceber porque adorei fazer este trabalho. Tudo é lindo e fazer a identidade para esta marca foi um prazer e um orgulho.

Sinto que cresci mais um pouquinho.

6 Comentários
A Tribo também escreve

mudanças

É caso para dizer que com vocês eu mudo, cresço e aprendo. Uma das coisas boas de ser designer é trabalharmos com uma variedade enorme de negócios e em cada trabalho aprendemos sempre mais. Trabalhar com a Joana foi isso mesmo, tenho andado a ler o que ela escreve, mudanças na nossa vida para uma vida mais saudável é o que todos queremos.
With you we change foi o desafio que aqui a girl andou a trabalhar nas últimas semanas. Foi um trabalho de equipa, uma tira fotos, outra edita, mais uma ideia, e outra e nunca mais parámos. Mas finalmente a mudança começa agora a notar-se.
Fresco e fofo foi este trabalho, o logotipo nasceu e a página no facebook já tem outra cara.
facebook . blog

2 Comentários
A Tribo também escreve

Entre vários projectos, temos este.

Quando me pedem um logotipo, eu quero logo saber tudo: que tipo de negócio é, o porquê do nome… e às vezes logo no início da história surge uma nuvem na minha cabeça já com uma ideia. E largo a história a meio e vou a correr pegar no papel e no lápis. Sim, porque as minhas ideias ainda passam pelo papel e por muitos gatafunhos.
E depois segue-se uma data de testes – porque a vida testa-nos – e criar uma marca também tem de ser testada. Mais azul, menos rosa, mais novelo, menos novelo, letra maior, letra menor e no fim: voilá. Temos logo, cores, letras, tudo pronto para começar.
Sem comentários
A Tribo também escreve

Save the date e as coisas boas da vida

Tudo num sítio só. É assim que vejo a Save the Date, onde duas pessoas que gostam do que fazem se juntam e vêm facilitar a nossa vida. A Bond Girl fez o logotipo que vai acompanhar a Ana e a Olga neste projecto. E com este logotipo vieram os cartões delas, uma ajudinha no site, nos convites, no facebook e por aí fora. E é tão fácil trabalhar com pessoas de quem gostamos muito.

Festa? Eventos? É com a Save the Date. 
2 Comentários

Instagram

Instagram has returned invalid data.

Follow Me!